Vale do Minho Digital
Vale do Minho Digital
Região
Municípios
Turismo
Cultura
Educação
Economia
Comunidades
Hotspots
Mapas Interactivos
Informações úteis
A Minha Visita
Galerias
Atlas do Minho
Inicio » Região » História » Estórias
S. Rosendo e os Partos Difíceis


No tempo em que os frades habitavam o Convento de Sanfins de Friestas, houve um frade de nome Rosendo com fama de santidade, e que valia a todos os aflitos. Este frade faleceu e a partir desse momento quem lhe pedia graças passou a rezar junto do cemitério do convento. Faziam isto até que descobriram que no convento estava guardada a correia que apertava as pobres vestes do frade. O povo quis ver a correia para lhe tocar e suplicar pela intercessão do frade S. Rosendo.
Desde esses tempos, nas freguesias vizinhas, quando uma mulher estava em trabalho de parto e este se revelava moroso ou difícil , mandavam alguém ao convento pedir a correia de S. Rosendo. Os frades já sabiam dos propósitos do povo que ali vinha pedir a correia de S. Rosendo, cedendo imediatamente a relíquia, que tinha uma fivela em marfim. Corria o transportador com toda a força, sem descurar o respeito, para junto da parturiente.
Quando chegava, enrolavam a correia ao ventre da parturiente, passando logo o trabalho de parto à corrente normalidade. Conta-se que aqueles que nasciam sobre a protecção de S. Rosendo eram marcados na vida pela sua intercessão.
Saiba mais estórias em:

Lendas do Vale do Minho

Meteorologia

M 21 ºC m 16 ºC

Newsletter
Desenvolvimento
FAQ's
Sugestões
Ajuda
Contactos
Avisos Legais
Mapa Portal